O site de RedCLARA usa cookies para te oferecer a melhor experiência possível na web.

Ao continuar a usar este site, você concorda em que armazenemos e acessemos cookies em seu dispositivo. Por favor, certifique-se de ler a Política de Cookies. Learn more

I understand

Votos do utilizador: 2 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Embora a história nos mostre que grandes feitos tecnológicos ao longo dos anos e ao redor do mundo tenham sido conquistados e descobertos por mulheres, ainda hoje dar voz e espaço para o público feminino na área da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) é um desafio. 

Votos do utilizador: 1 / 5

Estrela ativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

(Coluna de opinião, por Luis Eliécer Cadenas Marín, Diretor Executivo de RedCLARA) O termo “redes” tem sido usado em muitos contextos: vivemos a “era das redes”, temos “redes” sociais, “redes” comunitárias, “redes” de colaboração, “redes” de educação e tantas outras. Por essa razão, é muito importante fazer uma distinção entre esses usos e seus significados, e definir com precisão o que o termo “rede nacional de pesquisa e educação” significa.