Descrição Técnica

A RedCLARA é responsável pela implementação e gerenciamento da infraestrutura de rede que interliga as Redes Nacionais de Educação e Pesquisa (RNIE) das universidades e centros de pesquisa da América Latina. Muitos projetos que não tinham uma infraestrutura adequada para sustentar seus projetos e comunidades de pesquisa ou educação hoje podem avançar.

O tronco (backbone) da RedCLARA é formada por dez nós roteadores principais, conectados em uma topologia ponto-a-ponto. Cada nó principal (IP - Protocolo Internet) representa um PoP (Ponto de Presença) para a RedCLARA, nove deles estão localizados em um país da América Latina -São Paulo (SAO - Brasil), Buenos Aires (BUE - Argentina), Santiago (SCL - Chile), Lima (LIM - Peru), Guayaquil (GYE - Equador), Bogotá (BOG - Colômbia), Panamá (PTY - Panamá), San Salvador (El Salvador) e Tijuana (TIJ - México)- e o décimo se encontra em Miami (MIA - Estados Unidos).

Todas as conexões das redes nacionais latino-americanas (RNIE) à RedCLARA são por meio de um destes nove nós. O tronco de RedCLARA está interconectada com a rede pan-europeia GÉANT2 mediante a ligação do PoP da RedCLARA em SAO com o ponto de acesso da GÉANT2 em Madri (Espanha - ES), possibilitado pelo Projeto ALICE (finalizado em março de 2008), e, com os Estados Unidos, por meio das ligações estabelecidas nos PoP da CLARA em Miami e São Paulo, o primeiro conectado ao ponto de troca AtlanticWave e o segundo àquele de MANLAN em Nova York. Algumas ligações muito importantes foram proporcionadas por organizações como WHREN-LILA e RNP, que contribuiu com 2 ligações de 1 Gbps entre o Panamá e Miami, um trecho de 1 Gbps entre Porto Alegre e São Paulo, bem como um de 10 Gbps entre Santiago e Miami.

Em nível de capacidade, a RedCLARA tem uma infra-estrutura entre os nós da América Latina mencionados, na modalidade de IRU (Irrestrictible Right of Use) para 10 ou 15 anos. Sob este modelo, a RedCLARA tem fibra escura na América Central, passando pelo Panamá, a Costa Rica, a Nicarágua, Honduras, El Salvador, a Guatemala e o México, um tronco de 10 Gbps entre Santiago (Chile) e Buenos Aires (Argentina), bem como um lambda de 10 Gbps entre Buenos Aires (Argentina) e Porto Alegre (Brasil).

Quando uma NREN latino-americana faz conexão com a RedCLARA ela é feita por meio de um dos dez nós do backbone dela. Esta conexão fornece a estas redes e seus membros (clientes) acesso à RedCLARA por meio de um Ponto de Troca.

 

Conexões das redes nacionais latino-americanas à RedCLARA
Setembro 2014

Topology Graph Sept - 2014

 

Fotos

RedCLARA en Twitter

RedCLARA Para impulsar y consolidar esfuerzos, Director Ejecutivo de RedCLARA visita México 🇲🇽. Lea más en… https://t.co/O33WmZtuvH
18hreplyretweetfavorite

Endereço RedCLARA

End.:
Avenida El Parque 4680-A, Oficina 108. Santiago.
CHILE.

Rambla República de México 6125. Montevideo 11400.
URUGUAY
CEP:
8580644
Fone:
(+56) 2 584 86 18
Skype:
oficina-redclara
SIP:
telefonia.redclara.net
e-Mail:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

markerEncontre-nos no Google Maps